Serginho Groisman faz uma discussão sobre bullying

Publicado: abril 18, 2010 em Bullying & Violência

Assista essa discussão e comente>

Bullying

Anúncios
comentários
  1. Para as escolas foi delegada a função de educar ou corrigir o que a família, muitas vezes, insiste em ensinar “deseducar” pelo exemplo. O filho chega na escola e revela o comportamento, até então, sempre aprovado na casa e torna-se corriqueiro o espanto dos pais acerca de palavrões e demais ofensas que o mesmo vem apresentando na escola. Para muitos pais que fogem ao reconhecimento do erro de seus filhos e da missão de educar, existem dois filhos: um que a escola comenta (que não faz jus a forma como o pequeno age em casa) e o “querido” que é o que fica, na maioria das vezes, longe dos olhos dos responsáveis (ainda que numa idade que exija acompanhamento).
    O questionamento final, quando percebido que a escola tem a razão, elaboram-se “clássicas” indagações à escola: “O que eu devo fazer com ele(a), então?” ; “Já não sei mais o que fazer…”.
    “Não deixo faltar nada! O que ele(a) quer, então?”.
    A palavra cuidar deveria ser resgatada num estudo que envolve o acompanhamento do processo de desenvolvimento e responsabilidade sobre o que se faz, mostra e revela-se aos filhos.

  2. renata izabel disse:

    ESTOU FAZENDO UM TCC SOBRE BULLYING
    SE ALGUÉM TIVER ALGUM ARTIGO P ME ENVIAR AGRADEÇO

  3. bela disse:

    eu acho bullying uma falta de educaçao em casa eu acho q qm comete bullying algun dia ja foi vitima eu vejo isso como uma revolta dos agressores!
    eu do o maior apoio pra campanha do altas horas nao gosto de bullying ja cometi e vi q nao é legal dpois bate arrependimento cometi agesaes verbais diga nao ao bullying e nao deixe virar rotina jamais !!!!

  4. caren pinto disse:

    Oi amigos, bom dia, eu venho vazer uma denúncia, pois eu não encontro uma maneira de resolver o meu problema. Eu venho sofrendo o bullying da faculdade onde eu estudo, que é uma instituição privada onde o grupo ser é responsabilizado pelas agressões que venho sofrendo diariamente e eu ja tentei muitas vezes falar com uma pessoa responsável a respeito do que acontece todos os dias dentro da faculdade, onde a sala é um turma de estudantes de comunicação social, eu fico me perguntando como é que futuros jornalistas e públicitários cometam esse tipo de agressão. Eu ja não consigo mais estudar, semana que vem é um semana de provas, porém eu ja não consigo dormir e nem comer direito a minha vida está um inferno, eu ja nem posso mais fazer uma pergunta na hora da aula aos meus professores, porém cada vez que eu pergunto o meu agressor, que ja é um homem feito de 26 anos, enorme, ele levanta um folha de papel com o nome “AGITA” e quase a metade da sala começam a me vaiar e tambem a gritar. Uns ficam lá atras me imitando eu ja até me tentei me defender do meu meu agressor, tentei tambem conversar com ele, mass ele não quis me ouvir e enfim, eu fui até o coordenador do meu curso ele me falou que iria conversar com meus professores e depois iria na sala dar uma palestra com a minha turma e falar um pouco sobre o bullying e o que ele fez ? Ele piorou minha situação, ele aceitou a proposta de um professor conversar com meu agressor e ai meu professor ligou pra ele conversou com ele e não adiantou nada eu ja estava totalmente exposta pelo fato do meu coordenador não aperecer no outro dia e e eu fiquei la com muito medo totalmente desprotegida ele se juntou com a turma e por diversas vezes eu escutava ameaçãs contra mim se referindo a mim como (ela) confesso que eu nao ouvia meu nome mas toda a história que tinha acontecido foi ai que caiu a ficha que que ele e atraves de uma ligação do meu professor toda turma ja sabia, tentei falar por diversas vezes com meu coordenador indo a faculdade fora do meu horario de aula, mas nunca encontrava e por diversas vezes eu ligava e ele nao atendia eu ate mandei um email pra ele falando a situação do dia mas ele nunca mim atendia e eu não recebi apoio de ninguem na minha faculdade porem o meu agressor recebeu mais atenção do que eu ele teve o apoio de um do meus professores porem para mim ninguem ligou e nem me procurou. Eu que fiquei atrás de uma solução e nada que me desse um pouco de segurança
    Porem quando enfim eu consigo falar com coordenador ele me diz que ja respondeu o email que eu tinha lhe enviado e ele tambem me falou que o meu professor tinha ficado de falar com meu agressor o que mais me revolta é que eu nao tive o apoio de ninguem e eu exigi que ele fosse a minha sala na sexta-feira porém ele disse que se nao foi , foi pra não denegrir a minha imagem e pra que eu nao ficasse exposta, mais ja nao era o caso eu estava totalmente exposta e ninguém nao fazia nada e o que realmente interessava a ele era que ele me disse com todas as letras que eu respondesse o email por era a garantia que ele fez alguma coisa, mas ai eu me foquei no que tinha escrito na mensagem onde dizia que por diversas vezes ele tinha me ligado e eu não atendi (mentira) e percebi que isso não aconteceu com ele e sim comigo foi eu quem ligou varias vezes e ele que não atendia eu ainda não respondi o email dele por que eu não vou concordar com tudo que ele falava ai o que eu fiz eu procurei o meu professor e ele mim disse olha vc pode mim ligar daqui a uma hora por que vc vai falar e eu não vou te entender ata professor eu achei que ele tava do meu lado mais não era isso que parecia ele era a favor de que eu não devia fazer nada como eu ouvir da boca da assessoria da coordenação e o que aconteceu eu coloquei meu celular pra despertar uma hora apois e liguei e o telefone chamou-chamou e ele nao atendia e eu insisti pela segunda vez e ele mandou a esposa dele atender e dizer que ele tava no banho e ela mim mandou eu ligar uns minutos depois e eu tentei por diversas vezes e ele disligou o celular mais eu ja esperava. por que quando ele procurou o meu agressor ele nem sequer me procurou pra escutar a minha versão eu não tava sozinha quando eu procurei a coordenação da faculdade e ele viu o que uma aluna disse só um idiota nao percebe que ele tem uma implicancia com ela como ela tambem falou que nunca mim viu fazendo nada com ele e a minha vida vem sendo um inferno porem ontem eu tive que solicitar a escolta de duas amigas minha pra sair da sala por que o professer saiu da sala e eu tava com medo de ficar sozinha na sala com meus agressores sem a presença do professor eu ja estava totalmente insegura e desprotegida pelo fato do meu coordenador falar que ia la e não ir recebi diversas ameaças por pessoas da turma.

    • Jucemir Vidal disse:

      Estou com uma campanha antibullying quem quiser colaborar dando palestras em escolas ou que sofra bullying e queira se comunicar por favor entre em contato
      Jucemir Vidal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s